Órfãos: Volkswagen Fusca

20 ago

Inteirinho original e super alinhado, mas parece que não adianta insistir pois, pelo jeito… “NÃO ESTÁ À VENDA”!!😀

Zona sul de São Paulo, em mais um flagrante dos Irmãos Rocha.

Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior.

Curta o #CarroCultura também pelo Facebook! >> http://www.facebook.com/CarroCulturaBlog

15 Respostas to “Órfãos: Volkswagen Fusca”

  1. lieggio 20 de agosto de 2014 às 23:57 #

    Caso bem típico do seguinte roteiro: o dono morreu e nunca mexeram no carro. Dai alguém resolve mexer e ta com problemas de documento até as tampas. Além de estar no nome do falecido, ainda é placa amarela. Dai a caminhada é grande. Dessa forma pra que ninguém encha o saco, colocaram esses avisos ai. Pelo menos não está largado no tempo apodrecendo.

  2. lieggio 21 de agosto de 2014 às 00:01 #

    Tive um desses, branco, aqui em casa. Todo original também. Um caminhão me atropelou num dia chuvoso em plena rodovia. Os freios do caminhão falharam, e numa zona de transito mais lento não conseguiu parar direito, muito menos desviar. Eu “fui a bola da vez”. Deu perda total no fusquinha, mas eu to aqui, e andando bem, pra poder contar a história. Não era minha hora naquele dia.

  3. Lucca dos órfãos 21 de agosto de 2014 às 00:22 #

    Concordo com o “lieggio”, provavelmente a história é essa, caso que não é difícil de se ver. Deve ser pouco rodado, e talvez até seja único dono! Lembro da época que se via Fusca na rua como se vê Gol G5 hoje em dia, poucos Besouros sobreviveram, alguns em estado deplorável, alguns, inteirinhos, já adotados por colecionadores.

    Esse com certeza volta…é só conseguir convencer a viúva e os filhos à venderem…hehehe

    • lieggio 21 de agosto de 2014 às 01:09 #

      É carros antigos estão mesmo virando coisas raras de serem vistas no cotidiano de nossas ruas. Em algumas cidades ainda são muito comuns de serem vistos, fuscas, corceis, chevetes e similares. Aqui na minha cidade, por exemplo, tem muito fusca e chevete.

  4. nholau 21 de agosto de 2014 às 09:37 #

    fuscão zero, queria só os batentes do parachoque, os vidros basculantes e as lanternas traseiras q são originais pra por no meu…concordo com a historia contada acima, aki em carapicuiba-sp onde moro tem um fusquinha 66 nas mesmas condições com o mesmo aviso, só q o daki ta no tempo a uns 15 anos e mesmo assim resiste ao ferrugem….

  5. Fábio 21 de agosto de 2014 às 09:44 #

    Tive um vizinho de frente à minha casa, com uma Variant II apodrecendo no relento, ainda que dentro do terreno dele.

    Soube que era usado no dia-a-dia, mas por algum problema/defeito, foi encostado e não consertou mais (não sei por quanto tempo, pois o carro já estava lá quando chegamos para morar no bairro).

    Um belo dia, os dois filhos dele acabaram com o que ainda restava do carro à machadada. Nào soube o que fizeram com o motor (se é que tinha).

    Desconfio até que o “véio” era daquelas pessoas acumuladoras compulsivas, pois tinha cada tranqueira como fogão, geladeira, tudo sem funcionar.

    Acho que os filhos venderam tudo como sucata, pois o terreno ficou limpo. Meu maior medo era que aquilo poderia estar abrigando mosquitos de dengue…

  6. Homem Mau, Feio e Barbudo do Ferro Velho 21 de agosto de 2014 às 11:23 #

    Um dia ele sai do esquecimento…tomara que nas mãos da pessoa certa…

  7. Kanduxo 21 de agosto de 2014 às 17:45 #

    Fico me perguntando o que leva o cara a deixar parado aí….se não serve, tem quem queira (eu compraria fácil fácil).
    Eu tenho um vizinho que tem um 66 todo original, 1200, elétrica 6V, e tudo mais parado a mais ou menos um ano. Não tem dinheiro que faça ele vender. Tá dentro de uma capa, pelo menos.
    Esse aí eu adotaria facinho, mandaria já um guincho buscar!!

  8. Jhon 21 de agosto de 2014 às 21:53 #

    Nao vejo mal nenhum deixar o carro parado desde que nessas condições, esse pelo menos esta coberto e bem cuidado, uma troca de pneus, correia, óleo e uma mãozinha de tinta e o carro sai zero dai. Se eu tivesse um fusquinha desse e nao precisasse de $ eu tbm nao venderia.

  9. Takayama 21 de agosto de 2014 às 23:26 #

    fuscão zerado…ja devem ter enchido tanto o saco dos donos da casa que colocaram o aviso kkk eu mesmo sou um que não resisto e ja estava batendo palma kkkk ja me dei bem e comprei bons carros com bom preço e tambem ja tomei cada fora, um dia achei um 70 com a pintura toda queimada mas liso liso, ae perguntei se era pra vender a senhora só respondeu, o sr esta vendo alguma placa de venda ? nossa pedi desculpa e sai de mansinho kkk faz parte, pior foi que passou um tempo não vi mais o fusca lá e fiquei sabendo que a senhorinha tinha vendido pra um cara de uma oficina lá perto, vai ver que ela tava de bom humor no dia ou ele foi mais chato que eu kkkk

  10. Tiago tipeiro 21 de agosto de 2014 às 23:34 #

    bem conservado e a casa também, pelo menos não esta no tempo apodrecendo como aquele landau.

    • r.castro 26 de agosto de 2014 às 13:31 #

      vc tem razão; aquela do landau foi dose.

  11. Diego Souza 25 de agosto de 2014 às 21:46 #

    se n quer vender arruma então, deixa o carro apodrecendo ai não faz sentido. perde ele, perde a história do carro.

  12. Danilo 3 de setembro de 2014 às 16:34 #

    Lindo fuscão, e da cor que eu gosto ainda! Volta c/ certeza, e deve ser fruto de inventário longo!

  13. titio do fliperama 11 de setembro de 2014 às 01:30 #

    vao pedir 20 mil nele,,,em 3 meses sem ninguem ligar baixam pra 15,, em 3 anos trocam numa cg

Comentar no #CarroCultura!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: