Adivinhe o órfão

13 jul

Um carro bem raro no País…

Campinas, SP: contribuição de Paulo Prestimonico.

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Adivinhe-campinas

Curta o #CarroCultura também pelo Facebook! >> http://www.facebook.com/CarroCulturaBlog

17 Respostas to “Adivinhe o órfão”

  1. Lucca dos órfãos 13 de julho de 2014 às 12:57 #

    Trata-se de um Saturn S-Series. Provavelmente importação Independente, ai quebra alguma coisa e já era!
    Fiquei sabendo que esses automóveis da Saturn tem carroceria de plástico. Alguém confirma?

    • Sérgio 14 de julho de 2014 às 22:51 #

      Não que fossem de plástico. Eram aço por baixo. Mas tinham painéis de plástico, como no caso dos paralamas do Clio e do Megane-Scenic. A vantagem, além da corrosão ZERO, era a absorção de impactos de média monta sem danos(riscos, pontadas ou amassados). Dá uma olhada no vídeo que encontrei sobre isso:

  2. Lennon 13 de julho de 2014 às 13:44 #

    Saturn SC provavelmente 1995

  3. Davi Koiti 13 de julho de 2014 às 13:52 #

    É um Coupé SC1 2Door – 1995 – 1.9 litre. Usei um deste quando estive nos EUA e era considerado um carro popular devido ao seu baixo preço. A carroceria não era de plástico, mas o plástico era usado maciçamente nesse modelo.
    .

  4. Sérgio 13 de julho de 2014 às 15:12 #

    Raríssimo! Sempre gostei desses Saturns. O SL1(sedan, 4 portas) foi mais “comum” entre os raros automóveis americanos a aportarem por aqui nos anos 90, via importação independente. Lamentavelmente, como já dito, a velhice é a pior inimiga desses autos: peças caras, poucos mecânicos aptos a mexer e preço de tabela no chão…

  5. Homem Mau, Feio e Barbudo do Ferro Velho 13 de julho de 2014 às 17:27 #

    Sem salvação…não acha peça para isso nem nos EUA….vai acabar aí….

  6. Explosivo 13 de julho de 2014 às 20:48 #

    Belo veículo… Não compensaria trocar a mecânica e por para rodar? (Claro, para quem tem oficina, usando as horas ociosas e sem pressa).

  7. Danilo 14 de julho de 2014 às 08:57 #

    Bonito o modelo, não lembro de ter visto muitos por ai, acho que se tiver documentos em dia, vale a pena recuperar, ou até mesmo trocar/adaptar a mecânica de outro veículo! Já vi muito carro importado dos anos 90, c/ motor 2.0 de monza….pode ser uma opção!

  8. Sergio Nascimento Filho 14 de julho de 2014 às 09:00 #

    A carroceria deste carro era plástica sim, integralmente, assim como as Lumina. Aqui em Porto Alegre tem um destes batido em um ferro velho e a carroceria é plástica sim. A traseira simplesmente “quebrou”, e não amassou.

  9. tiago tipeiro 15 de julho de 2014 às 13:25 #

    eu recuperaria seria legal ter um carro diferente.

  10. tiago tipeiro 15 de julho de 2014 às 13:31 #

    no ml se acha peças para tudo quante modelo de carro.

  11. Kanduxo 16 de julho de 2014 às 18:47 #

    Eu já vi um desses Saturn, parou do meu lado em um semáforo, verde. Eu adotaria por ser super raro.
    Quanto vale um carro desses? Nem faço ideia.

    • Sérgio 17 de julho de 2014 às 13:29 #

      Não vale quase nada, Kanduxo. Já vi uns por R$6, outros por $9mil… mas não estavam bons. De fato, vale adquirir, se o interesse for por algo raro e barato. Só precisa ter um bom importador, para trazer as peças e mantê-lo em ordem… pq esse é o típico carro que acaba destruído na mão de mecânico fuleiro e adaptações “patropi”…
      :/

    • James 23 de dezembro de 2014 às 15:30 #

      Tem um num ferro velho em Mogi das Cruzes-SP.

  12. RAFAÉL CD 4.1 19 de julho de 2014 às 00:11 #

    Vi apenas um desses até hoje, vermelho, e estava impecável, só não curti o cinto de segurança dele,… Meio estranho de fechar,…

  13. César Roëntgen 23 de julho de 2014 às 22:34 #

    É um Saturn SC-1, e esse carro é 1991/1992, tive um da marca, porém era o sedan SL-1 e é um excelente carro, e a mecânica dele não é muito diferente dos Chevrolet nacionais, tem muita peça de Monza e Kadett que serve nos Saturn. Acho um carro bacana de recuperar, é raro aqui no Brasil, pena que faltam as rodas originais. Tive também um Chevrolet Corsica e as peças para todos esses modelos são bem fáceis e baratas nos EUA.
    Rafael CD, esse tipo de cinto foi proibido nos EUA anos depois, justamente porque se você tiver que sair do carro rapidamente, numa emergência, o cinto prende no pescoço. Engraçado que os engenheiros levaram uns 20 anos para se dar conta disso.

Comentar no #CarroCultura!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: