Órfãos: Audi A4

7 dez

Recife, Pernambuco, em mais uma contribuição de Eduardo Motta.

Clique na imagem para vê-la em tamanho maior.

Audi-A4

Curta o #CarroCultura também pelo Facebook! >> http://www.facebook.com/CarroCulturaBlog

10 Respostas to “Órfãos: Audi A4”

  1. Sérgio 7 de dezembro de 2013 às 19:31 #

    É o triste fim de vários automóveis importados, cujo valor se torna ínfimo, porém a manutenção continua custando caro.

    Aí Zé Povim compra o importadão usado à preço de banana e depois não consegue manter.

    Curiosamente, contudo, é interessante pontuar que BMWs e Audis velhos são verdadeiras raridades, enquanto os Mercedes da mesma época continuam rodando, proporção consideravelmente maior. O motor 1.8Turbo da Audi não tem lá aquela fama de durável(tanto que os A3 1.8T – onde o motor popularizou-se – sumiram). Isso evidencia que alguns carros alemães, são “mais alemães” que os outros.

    Ainda assim, é um belo automóvel. Uma pena.

  2. Al 7 de dezembro de 2013 às 20:28 #

    Esse dai so vale pra repor peças nos que ainda sobrevivem rodando..

  3. César Roëntgen 7 de dezembro de 2013 às 22:07 #

    Um bom carro, mas eu passo! Tive um igual, porém de outra cor, ano 95, esse motor 2.8 é um V6 com correia dentada e o desempenho não é tão brilhante assim! O problema desses veículos não é a manutenção ordinária que tem que ser feita por desgaste, e sim aquela manutenção “surpresa” que independe de uso, quilometragem ou cuidado. São os sensores eletrônicos, bombas de vácuo, servo-motores…

  4. tiago tipeiro 7 de dezembro de 2013 às 23:46 #

    que pecado fazer isso com um carrão desses

  5. Homem Mau, Feio e Barbudo do Ferro Velho 7 de dezembro de 2013 às 23:49 #

    Apenas para compactar na prensa e moer no triturador…R$0,19 o quilo e libero esse lugar para outras finalidades…

    • Explosivo 8 de dezembro de 2013 às 19:48 #

      O carro é show, mas concordo com o amigo barba.. Prensa nele. Infelizmente a eletrônica é imprevisível.

  6. Marcus Vinícius 9 de dezembro de 2013 às 08:34 #

    Sem placa, já deve ser considerado sucata…. É uma pena, p… carro, mas é aquela velha história, o cara compra e não aguenta a barca…

  7. Letoledo 9 de dezembro de 2013 às 08:54 #

    Lindo carro, mas esse está bem judiado. É prensa sem pensar muito.

  8. Kanduxo 9 de dezembro de 2013 às 10:02 #

    Se ainda estiver DOCs, eu adotaria e iria recuperando-o aos poucos.

  9. entornonews 13 de dezembro de 2013 às 10:24 #

    Retrato de outros tempos. Dá pra manter? Sim dá de qualquer jeito como qualquer carro dá. Tudo dá-se um jeito. Se não fosse assim não teríamos tantos “carrões” na mão de zé povim. Já alguns assim rodando aos trancos e barrancos, mas o status gerado pela marca é o que conta. Esse dai pode ser objeto de espólio judicial, veículo apreendido que foi leiloado, ou mesmo peça de leilão de alguma recuperadora. Vai saber. Ele pode estar ai por graves problemas mecânicos ou elétricos. Alto custo de manutenção. Uma série de coisas. Precisaria-se checar com alguém das redondezas pra saber mais sobre.Por mim pode ir pra prensa.

Comentar no #CarroCultura!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: