Órfãos: Jeep Grand Cherokee

25 nov

Zona norte do Rio de Janeiro, em mais uma contribuição de Marcos Puoci.

Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior.

Curta o #CarroCultura também pelo Facebook! >> http://www.facebook.com/CarroCulturaBlog

21 Respostas to “Órfãos: Jeep Grand Cherokee”

  1. entornonews 26 de novembro de 2013 às 00:09 #

    Eu ein?! quebraram o vidro traseiro e o porta-luvas está aberto. Me parece produto de roubo. Usaram ela em algum roubo e largaram ai.

  2. Homem Mau, Feio e Barbudo do Ferro Velho 26 de novembro de 2013 às 00:31 #

    Eu quero para fazer trilha…nem precisa documento…a hora que quebrar alguma coisa complicada de arrumar ou estiver muito arrebentada, jogo no moedor…

  3. Magrão monzeiro 26 de novembro de 2013 às 02:59 #

    E pensar que ali embaixo do capô tem um belo V8,

  4. Luiz Fernando Wernz 26 de novembro de 2013 às 06:22 #

    Que cena mais triste!! Quem viveu os anos de 1993 e 1994 conscientemente sabe o que significava um carro desses quando passava na rua… Era tão animal, ou até mais animal, do que um Cayenne… Triste fim.

    • Letoledo 26 de novembro de 2013 às 07:08 #

      Eu me lembro dessa época. Esse carro era sinônimo de status e muitas celebridades tinham um desses. Se não me engano até a Xuxa, desfilava com um desses pelas ruas do Rio de Janeiro.

      Tive o prazer de pilotar um desses algumas vezes lá por 2005/2006, ainda naquela época (na verdade acho que até hoje) era uma carrão, o pai das SUVs que vemos aos montes atualmente.

    • Sérgio 26 de novembro de 2013 às 15:31 #

      Luiz, disse tudo! Símbolo máximo do poder econômico no passado, Cherokees eram vistos aos montes pelas ruas de SP. Quem tinha era admirado e quem não tinha, babava quando via um.

      Bons tempos. Triste fim do “sonho americano”.:\

      • tiago tipeiro 5 de dezembro de 2013 às 10:58 #

        verdade hoje é as tucsons captivas que se ver de montes em SP

  5. Daniel Ricardo Cadore 26 de novembro de 2013 às 06:58 #

    Eu adoto, arranco fora esse V8 e coloco um ford 3.0 turbo diesel da ranger e serei feliz pra carai!

  6. Marcus Vinícius 26 de novembro de 2013 às 08:36 #

    Tá bem detonada, não compensa… Só se for pra fazer trilha, como barba quer…. Mas tem que ver a mecânica como que tá…

  7. tiago tipeiro 26 de novembro de 2013 às 10:25 #

    carrão mas pra arrumar não compensa

  8. Kanduxo 26 de novembro de 2013 às 15:31 #

    Eu acho um carrão até hoje! Mas teria medo de adotar pois se gastaria bem (penso) pra deixa-la em ordem.
    Realmente só pra fazer trilha e nacionalizar toda a mecanica. Uma vez vi uma com todo o conjunto mecanico da Pajero a Diesel.
    Mas, eu passo.

  9. Madrugueira 26 de novembro de 2013 às 15:38 #

    Eu adoto e espero esse belo carro revalorizar daqui uns 10 anos para começar a arrumar ou vender. Se fosse pra arrumar pra mim mesmo, eu já começaria comprar peças agora, pois, já são caras e quando esse veículo se tornar de coleção serão mais caras ainda. Mas de uma coisa tenho certeza, nunca trocaria esse V8.

  10. César Roëntgen 26 de novembro de 2013 às 19:23 #

    Eu também passo! A maioria deles parou por problemas no câmbio automático, por aqui não se tem o costume de trocar o óleo e o filtro da caixa. Brasileiro sofre do Complexo do Fusca, acha que todo veículo é como Fusca que roda a vida toda sem manutenção preventiva e perdendo a conta de quantas vezes “virou” o velocímetro…

    • Gc 26 de novembro de 2013 às 19:53 #

      Sou fã dessa geração da Grand Cherokee…

      Pelo volante,painel e parachoque essa ai é no máximo ano 1996.Lembro que meu tio teve uma 0 Km (Limited 5.2 V8) e era incrivel!

  11. Rafael Ribeiro 26 de novembro de 2013 às 20:23 #

    Você não vale nada, mas eu gosto de você!

  12. JP 26 de novembro de 2013 às 22:33 #

    Esse ai apenas como doador, acredito.

  13. Ricardo Sarmento 27 de novembro de 2013 às 00:46 #

    o supra-sumo do luxo em carros grandes dos anos 90. Só jogador de futebol e artista tinha, representava muito status. Pelo carro vale a pena adotar sim, mas tem que ver o quanto será gasto.

  14. Felipe 30 de novembro de 2013 às 01:23 #

    Realmente Xuxa teve um desses como disseram, ela tinha um branco, e esse da foto pode ter sido de algum famoso no passado ainda mais porque ele ta no Rio de Janeiro

  15. Carlos 3 de dezembro de 2013 às 11:34 #

    Tivemos uma desta em 1993 até 2001, um excelente carro ! Até hoje tenho saudades dos bancos que de gominhos e extremamente confortáveis.

  16. renato5647 14 de dezembro de 2013 às 11:58 #

    As peças de um automóvel destes não são tão difíceis de arrumar, como as de um Alfa Romeo. Mais ainda sim são complicadas. A vantagem de ter um carro destes, é que tem muitos parados com peças a venda. Então ainda é possível encontra-las!

  17. patryck kenned (@patryck_morais) 20 de junho de 2014 às 23:39 #

    quanto custa ????

Comentar no #CarroCultura!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: