Órfãos: Nissan Maxima

10 out

Mais um! Desta vez em Recife, Pernambuco: mais uma contribuição de Eduardo Motta.

Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior.

Curta o #CarroCultura também pelo Facebook! http://www.facebook.com/CarroCulturaBlog

21 Respostas to “Órfãos: Nissan Maxima”

  1. entornonews 10 de outubro de 2013 às 23:47 #

    Ta bem inteiro! Parece que roubaram as rodas. Um carro interessante.

    • Tiago 15 de outubro de 2013 às 10:18 #

      Eu adotaria sem pensar duas vezes! Pra arrumar isso ai trazendo peças do EUA fica mais barato que refazer motor AP kkkkkkk lá nos EUA as peças de carros assim são muito baratos e pelo Ebay dá pra trazer pra cá por um frete barato até. Se este carro ficar ai até ano que vem, eu vou buscá-lo.

      • EDSON 25 de novembro de 2013 às 14:14 #

        Tiago, boa tarde, eu tenho um nissan destes 94/94, estou sofrendo pra achar um cambio mais em conta, vc acha mesmo que é possível comprar nos EUA e trazê-lo para o Brasil fica mais barato que recondicionar o meu por aqui mesmo? como posso fazer um negócio assim, nunca comprei nada no exterior, pode me ajudar? Grande abraço.

  2. Homem Mau, Feio e Barbudo do Ferro Velho 11 de outubro de 2013 às 00:24 #

    Esse parece estar mais inteiro que aquele de alguns posts atrás….mas duvido que alguém assuma essa “encrenca”…..vai ficar aí e vai piorar de situação cada vez mais…até acabar em algum desmanche ou pátio de detran, com alguma carroceria de chevette em cima…

  3. Luiz Fernando Wernz 11 de outubro de 2013 às 06:51 #

    Cara, o pai de um amigo meu da infância, “O” milhonário da época, comprou um Nissan Maxima em 1993. Vcs não têm noção do que era isso… Era hoje como ter uma BMW série 7. E quem tinha uma BMW série 7 nessa época era como ter uma Ferrari hoje! E ter uma Ferrari nessa época era como ter um Pagani Zonda na época, uhauhauhauh!! Era um carro surreal para a maioria dos brasileiros daqueles tempos difíceis de inflação galopante, mas o pai do Felipe tinha um. Que tempos!! E que triste fim pra esse carro… Talvez seja até mesmo o do pai do Felipe, quem sabe? Uma pena…

    • Felipe 12 de outubro de 2013 às 20:04 #

      E qual carro ele tem hj??

      • Luiz Fernando Wernz 25 de outubro de 2013 às 20:44 #

        Não tenho mais contato com o Felipe ha muitos anos… O ultimo que eu lembro que o pai dele tinha comprado foi uma BMW 540i, em 1996, depois do Máxima.

    • Tiago 15 de outubro de 2013 às 10:19 #

      A traseira dele me lembra o Daewoo Espero. E realmente concordo, estes carros tem o luxo que a maioria dos de hoje não tem!

  4. Marcus Vinícius 11 de outubro de 2013 às 10:03 #

    Belo carro e está bem integro (pelo menos de lata)… Mais um importado injustiçado dos anos 90…

  5. tiago 11 de outubro de 2013 às 10:45 #

    uma pena parece está bem integro so esta sem as rodas tomara que nao caia nas maos dos vandalos

  6. Letoledo 11 de outubro de 2013 às 11:09 #

    Creio que o tenham roubado e depois de devolvido ao dono “semi-depenado”, já não havia mais nada a fazer pelo pobre samurai.

  7. Ricardo Sarmento 11 de outubro de 2013 às 13:41 #

    Já que não vale a pena colocá-lo de volta à ativa, que pelo menos o dono tenha a atitude de vender o que resta dele, como doador de peças. Só não arruma algum dinheiro com esse Nissan se não quiser.

    • César Roëntgen 11 de outubro de 2013 às 17:08 #

      Pois é, mas vai doar para quem? Se todos os Maxima estão órfãos…

      • Ricardo Sarmento 12 de outubro de 2013 às 10:31 #

        rsrsrsrs, tá difícil de encontrar mesmo. Mas há de ter alguns rodando por aí

  8. Sérgio 11 de outubro de 2013 às 14:59 #

    O triste fim de um grande carro.

    Absolutamente, uma pena.😦

  9. Magrão monzeiro 12 de outubro de 2013 às 01:08 #

    O dono não da a mínima pra este pobre nissam maxima

  10. Kanduxo 12 de outubro de 2013 às 22:44 #

    Eu acho um carrão, mas acho dificil a mecanica estiver 100%, se estiver, é colocar umas rodas, bateria, oleo e fluidos novos e fica um carrão de novo. Eu teria coragem.

  11. Hugo Junior 13 de outubro de 2013 às 16:42 #

    Melhor estado que muitos carros que estão rodando em nossas ruas. É um japonês, se der um trato volta à ativa com relativa facilidade. Já foi o tempo que encontrar peças para importados era algo do outro mundo. Tenho uma Mercedes C-230 K e trago muita coisa pra ela dos EUA e Europa, pelo Ebay, por ótimos preços. Se recuperar esse antigo Nissan, ele ainda dá show na maioria dos nacionais que temos aqui.

    • EDSON 25 de novembro de 2013 às 14:16 #

      Hugo, boa tarde, tenho um Nissan Máxima 94/94, e preciso compra um cambio automático, como faço pra trazer um de fora do Brasil? Grande abraço.

  12. Eduardo Motta 13 de outubro de 2013 às 21:43 #

    só tem dois aqui em Recife, esse e um preto ainda rodando, não se sabe até quando, uma pena mesmo, esse já está ai faz anos…

  13. luiz henrique 15 de outubro de 2013 às 12:32 #

    Que pena, este ai vai acabar depenado por inteiro, se não, vai ficar ai apodrecendo. se alguem quiser arcar com as consequencias deste ”senhor”, vai tem um bom trabalho pela frente, principalmente na motorização, que deve estar tão ”sumida” quanto as suas rodas. ainda que a lataria parece bem integra, sem podres (o que já ajuda bastante). resumindo, se aplicarem um bom tempo e dinheiro…volta.

Comentar no #CarroCultura!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: