Órfãos: Fiat Oggi#

27 nov

Tentando se disfarçar de Fiat Premio, coincidentemente o órfão anteriormente postado no blog… =)

Zona norte de São Paulo, em mais uma contribuição de Rodrigo Bernardini.

Clique nas imagens para vê-las em tamanho maior.

Curta o #CarroCultura também no Facebook! http://www.facebook.com/CarroCulturaBlog

Anúncios

15 Respostas to “Órfãos: Fiat Oggi#”

  1. Homem mau, feio e barbudo do Ferro Velho 28 de novembro de 2012 às 00:21 #

    Taí um carrinho raro que já está virando figurinha difícil de se ver por aí, principalmente em bom estado……..quem sabe esse mereça ser guardado por algum tempo para ser devidamente restaurado?? Caso contrário, virará mais uma “lenda” automobilística brasileira…..

    • Sucateiro 30 de novembro de 2012 às 20:03 #

      Pago 0,19 o quilo para jogar na prensa…. ninguém mais quer saber desse modelo

  2. Alex_Cps 28 de novembro de 2012 às 00:50 #

    Se nos anos 80 um desses já era meio raro de se ver, agora então é mosca branca total! Mas gosto mais dele do que do Fiat Prêmio…

  3. Magrao Gaucho 28 de novembro de 2012 às 01:27 #

    como falei antes, carro melhor que fusca, carro para restauracao.

  4. Hugo 28 de novembro de 2012 às 07:03 #

    De fato! Mosca branca total. Outro dia em um posto de gasolina no interior de SP vi um, em excelente estado. Tive que parar pra ver. Só não fotografei pq o dono tava perto…rs
    Começou a ser fabricado em 1983, salvo engano…não vingou.

    • marcelo lima 28 de novembro de 2012 às 10:37 #

      Em 1989, na minha primeira viagem à Santa Catarina (sou de São Paulo), fui até a praia do Rosa com um destes, preto também (tenho a foto), com 3 pessoas e cheio de bagagem. O carro foi super bem viu, carrinho bom

  5. Cars4Fun 28 de novembro de 2012 às 08:52 #

    Tai um carrinho que acho interessante. Tanto ele quanto a Panorama, City ou 147 estariam facil na minha garagem

    http://www.cars4fun.com.br

  6. Marcus Vinícius 28 de novembro de 2012 às 10:29 #

    Oggi “Quero ser Premio” hehe. Antigamente conhecia um senhor que tinha um Oggi CSL azul claro muito lindo. O senhor faleceu a muito tempo, creio que o Oggi também….. : /

    • JR Pneus 28 de novembro de 2012 às 11:05 #

      Gostei muito do seu blog,parabens. Qnto a materia aqui em minha cidade ja vi um desses restaurado novinho, coisa mais linda!

  7. Wilson 28 de novembro de 2012 às 12:46 #

    O coitado tá querendo ser comprado. Neste estado só se for para derreter. Fiat 147 emendado.

  8. Magrão monzeiro 28 de novembro de 2012 às 17:35 #

    Aluguei uma garagem de uma senhora viuva onde tinha em um carro destes no canto,mandei reformar a garagem (cobri-la) e o oggi foi colocado a venda,rapidinho o venderam,mesmo em não muito bom estado e sem funcionar,quando tiraram o carro do canto,na tampa traseira o emblema CSS,como não conheço muito do carro,nem dei bola. Algum tempo depois fui descobrir que era uma versão especial e bem cobiçada pelos fieteiros.
    Isso foi em 2004,o carrinho era completo de detalhes e segundo a ex dona foi parado em funcionamento,o motor não funcionava a uns 3 anos,foi vendido por 1500 reais.

  9. ssss 29 de novembro de 2012 às 21:30 #

    até q jeitoso ele,aqui em itaberai tem um meio bege cinza,a dei umas olhadas nele

    até q ta conservado,o dono usa ele no dia a dia

  10. leandro 29 de novembro de 2012 às 22:11 #

    dificilmente se ve um desse rodando mas raro ainda é o css

    • Letoledo 3 de dezembro de 2012 às 13:05 #

      Quais eram os diferenciais/opcionais do CSS ?

      • lieggio 6 de dezembro de 2012 às 21:46 #

        Os diferenciais do Oggi normal para o CSS se dão, primeiramente, porque o segundo foi feito para as pistas de corridas da época. Acontecesse que por exigências na época de sua criação acabou indo para as ruas e figurando na classe do esportivos. Se tornou um modelo especial, tendo apenas 300 unidades produzidas.

        Na época, esse tipo de carro, ainda que derivado de hatches compactos, era visto como algo acima da classe a que pertencia. A concorrência já estava acirrada, tendo Chevette e Voyage como as grandes forças da categoria. O trunfo do Oggi estava no porta-malas, um latifúndio de 440 litros.

        A versão CSS, especificamente, tinha somente a cor preta, com faixas adesivas vermelhas bem finas, mais o nome em letras bem maiores que as usadas nos Oggi comuns. Vinha com rodas de liga leve e piscas dianteiros transparentes. Sendo o primeiro Fiat nacional com motor acima de 1,3 litros. Tinha maior cilindrada e cabeçote especial, o que fazia atingir potência líquida de 78 cavalos. Ah e tinha detalhes de customização da carroceria, tais como aerofólio traseiro e spoliers, o que dada ainda mais esportividade ao modelo.

        Seu câmbio, de cinco marchas, usava escalonamento mais curto e apresentava engates mais macios e justos. Na frente, homocinéticas de maior capacidade e barra estabilizadora de 21 milímetros, 2 a mais que os 19 da linha. Atrás, bandejas de suspensão novas, que possuíam uma borda mais pronunciada que as normais da família.

        O Oggi CSS foi um carro que marcou seu tempo. É muito difícil, hoje em dia, de se ver um, do “normal” e ainda mais do CSS.

        Esse do post merece ser regatado e restaurado. É um ótimo carro e bem raro hoje em dia.!!! Vale mais até do que o 147, mesmo nesse estado.

        Antes de ter meu 147 eu estava de olho em um Oggi que tinha aqui na minha cidade, mas o dono foi embora daqui e nunca mais o vi.

        Bem é isso, espero ter contribuído com alguma informação relevante.

        Uma pena ver esse exemplar nesse estado!!!!

        Torço para que alguém o salve, ele merece.

Comentar no #CarroCultura!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: